Nossos antepassados afetam nosso paladar?

Antepassados afetam nosso paladar?

O sabor agridoce cresce cada vez mais no coração dos consumidores, mas não é apenas uma nova tendência

É comum que cada indivíduo se acostume a consumir certos tipos de alimento com base na sua família, mesmo que estes possam parecer desagradáveis a outros. Desde a infância, parentes e aqueles que rodeiam influenciam o paladar.

Hoje em dia, o hambúrguer agridoce se tornou uma tendência, principalmente no sul do país. “Quando os clientes procuram algo novo, o burger mais pedido é o agridoce”, conta Gustavo Romero, proprietário do SINA Fast Casual Burgers.

Apesar de não ser tradicional, é um dos burgers diferentes mais pedidos, pois o sabor não é tão inovador para os sulistas. Entre os imigrantes, as famílias alemãs que se instalaram no sul do país são muitas, e esse impacto parece ser inconsciente.

A mistura entre o doce e salgado é comum entre pratos alemães, como geléias e chimia com pão. “Essas misturas que já estão presentes no nosso paladar tornam o novo agridoce mais familiar, e consequentemente, mais agradável”, relata.

“O burger que leva mostarda e mel causa um pouco de estranhamento nos clientes, mas quando ousam provar, a taxa de aceitação é de 90%”, exemplifica Romero.
Em contrapartida, o Bacon Jelly, que é ainda mais doce, leva queijo brie, geléia de bacon e crispy de mandioca. Com bacon na composição, chama mais atenção e ganha chances mais facilmente, por ser um dos ingredientes favoritos dos apaixonados por hambúrguer.

“O curitibano em si gosta de agridoce, e acredito que seja um inconsciente coletivo que aceita esse tipo de sabor sem muito estranhamento”, finaliza o proprietário.

Serviço: SINA Hamburgueria Fast Casual Burgers

Chef Gustavo Romero

@sinafcb

www.sinafcb.com.br

Rua Brigadeiro Franco, 3444, no bairro de Água Verde.