Atleta brasileira no Guiness Book – boletim 23/10/2019 – Cultura 930


Brasil, Irã, Ana Marcela Cunha, Maratona Aquática, IJF, Judô, basquete, NBB, São Paulo, Minas, Mogi Basquete, Rio Claro, Libertadores, Libertadores feminina, futebol


            No Guiness:

A brasileira Ana Marcela Cunha, maratonista aquática multicampeã, entrará para o Guiness World Record Book. O livro dos recordes destaca que Ana Marcela é a maior vencedora do Circuiito Mundial da FINA, antigamente Copa do Mundo e agora conhecido como “Fina Marathon Swim Series.

 

Também é mencionado que a brasileira é a maior vencedora de provas na competição (20). Em 2018, foram 5 vitórias e dois segundo lugares.

 

            Timão na Semifinal:

Com autoridade, o Corinthians venceu o Santiago Morning, pelas quartas de final da Libertadores feminina, por 2 a 0. Com isso, podemos ter uma final brasileira, já que o alvi-negro e a Locomotiva enfrentam times de outros países na próxima fase. O Corinthians espera o adversário que sairá do confronto entre América de Cali (Col) e Uai Urquiza (Arg).

com gol de Crivelari e golaço de Juliete, Corinthians venceu o Santiago Morning (Bruno Teixeira/SCCP)

Crivelari e Juliete anotaram os gols da partida. O primeiro foi aos 27 minutos da etapa inicial. A camisa 19 escorou bom cruzamento de Tamires para marcar. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, uma grande jogada.

 

Victória Albuquerque e Juliete tabelaram até encontrar Crivelari

no ataque. Ela recebeu, viu Juliete aparecendo pela ponta esquerda e rolou para dentro da área; Juliet dominou, cortou a marcação e mandou uma bomba para fazer o segundo.

 

            Tricolor derrotado:

O São Paulo perdeu no último lance para o Mogi, no NBB, por 83 a 80. Vale destacar que o Tricolor Paulista tinha seis pontos de vantagem quando faltavam dois minutos, mas acabou permitindo a virada. Gruber foi o cestinha do jogo com 23 pontos. Fúlvio (18) e Alexey (16) foram outros destaques.

Gruber foi cestinha do jogo com 23 pontos

Pelo São Paulo, Léo Meindl conseguiu um duplo-duplo de 20 pontos e 16 rebotes, além de distribuir 6 assistências. Jones (14 pontos e 5 rebotes), Georginho (12 pontos e 9 rebotes) e Jefferson (13 pontos e 8 rebotes) também fizeram boas partidas.

O que decidiu o jogo foi a quantidade de lances livres. Além de ter mais, o Mogi teve um aproveitamento maior (80%) contra 59% do São Paulo.

 

Em outro jogo emocionante, o Minas venceu a primeira no Novo Basquete Brasil. A equipe derrotou o Rio Claro por 90 a 89, com grande atuação de Leandrinho. O ala anotou 28 pontos, pegou 10 rebotes e deu 6 assistências.

 

Além disso, no último quarto, decidiu o jogo. Deixou o Minas em vantagem faltando pouco mais de um minuto para o cronômetro zerar. 15 de seus 28 pontos foi nesse período.

Suspenso:

O judô iraniano foi oficialmente suspenso pela Federação Internacional de Judô (IJF), até que os judocas do país possam enfrentar atletas israelenses. A decisão pode fazer com que o Irã fique de fora dos Jogos Olímpicos Tóquio-2020.

 

A IJF impôs uma suspensão protetiva após o episódio ocorrido no Campeonato Mundial, quando Saeid Mollaei foi forçado a perder para não enfrentar um judoca de Israel na próxima fase. Mollaei ainda não voltou para o seu país e está sob proteção da IJF, na Alemanha.



Source link