Dez Restaurantes Arabes em Curitiba

Os primeiros imigrantes árabes que chegaram ao Paraná eram sírio e libaneses, vieram no final do século dezenove e  se fixaram em Paranaguá. Depois no inicio do século vinte vieram para Curitiba e estabeleceram-se no comércio de roupas, tecidos, sapatos e armarinhos na área central da cidade.

Foram também para outros locais do Paraná como: Lapa, Serro Azul, Ponta Grossa, Araucária, Foz do Iguaçu e Guarapuava.

Após a 2ª Guerra Mundial houve o maior número de imigrantes árabes em Curitiba, consistiam em 10% da população local.

A gastronomia de Curitiba foi muito influenciada pelos temperos e condimentos principalmente dos libaneses.

Comidas como kibe, esfiha e kafta são bem conhecidas e apreciadas em Curitiba.

Foto: Tabule com Romã do Nayme- foto divulgação facebook.

 

Nayme

Num ambiente acolhedor que lembra a casa da vovó a Chef Yasmim capricha nas receitas e apresentação dos pratos

Nayme era o nome da avó de Yasmin, uma matriarca libanesa clássica. “Eu me lembro dos almoços de domingo naquelas mesas enormes, com a vó fazendo comida para um batalhão durante horas. No cardápio extenso cada item é tratado com muito cuidado na apresentação e sabor. Não deixe de experimentar o pão sírio feito na hora que chega quentinho a mesa.

Avenida Vicente Machado, número 1482.

 

Oriente Árabe

 

Em funcionamento desde 1969 serve porções de hommus ( pasta de grão de bico), babaghanoug (pasta de beringela), labneh (coalhada seca), kafta, malfuf ( charutos de repolho), hoara aineb ( charutos de parreira), cuça mehche (abobrinha recheada), haname ( lingüiça de cordeiro recheada com arroz e grão de bico).

Rua Keller, 95, São Francisco

 

 

Cantinho Árabe

No cantinho árabe as esfihas são assadas em forno a lenha, servem todos os tipos de pastas árabes, pratos quentes e kafta.

Rua Schiller, 1967, Hugo Lange       

 

 Velho Oriente

 Funciona desde 2001, serve kebabs de pão folha, faláfel, arroz sírio (com macarrão cabelo de anjo na manteiga), todos os pratos quentes e pastas frias da cozinha libanesa.

Avenida Agua Verde, 1551, Agua Verde.

 

 Armazém Califórnia

   Empório de produtos árabes e serve almoço executivo, kibe cru, pastas, pão sírio, além de cervejas especiais.

Rua Saldanha Marinho ,68, Centro.

 

Baba Salim

 Aberto desde 1998, quem comanda a cozinha é o proprietário do restaurante, o simpático Jamal.

Os destaques são as esfihas, kibes e a  premiada pizza libanesa.

Rua Amintas de Barros ,45, Centro

 

Al Beirut 

Funciona desde 1999, quem comanda a cozinha é dona  Charife, mãe do Hamud o proprietário. Servem kibe cru e assado,  pastas frias, faláfel, tabule e fatuch além de outros pratos árabes. 

Conselheiro Carrão, 397 e  Princesa Izabel, 2976, Bigorilho

 

Le Liban

Empório árabe que serve também pratos individuais, lanches como sanduíche de faláfel, chawarma de alcatra, sucos de tâmara e damasco além de sorvetes de cardamomo, pistache e de rosas.

Endereço:Rua Augusto Stresser, 1570 , Hugo Lange

 

 Al Baba

Empório árabe, servem kibe, esfihas, kibe recheado com coalhada ou hommus, mas o destaque vai para os doces árabes, as baclawas que são folhados recheados com nozes, amêndoas e castanhas de caju, os doces são vendidos por quilo.

Endereço: Emiliano Perneta, 865 , Centro.

Telefone: 3018-1077

 

Bagda Café

 

Funciona a noite, além do jantar árabe de terça a sábado tem apresentação de dança do ventre.

Endereço: Rua Padre Anchieta, 262, Merces.